Coluna Axis Indica: entrevista com Ingrid Moska

Um dos maiores desafios de quem adquire um imóvel é transformar uma simples casa ou apartamento em um lar. Afinal de contas, o lar é parte essencial de nossas histórias. É um local pelo qual temos constante carinho, respeito e cuidado.  Pensar na mobília e decoração é uma das melhores maneiras de transformar um imóvel em um lar. Escolher as peças que irão compor cada um dos ambientes é essencial para garantir que seu espaço possua personalidade única.  Por isso, para a coluna Axis Indica de hoje, convidamos alguém que entende do assunto melhor que ninguém!  Estamos falando da Ingrid Moskalewski, gerente da loja Artefacto Curitiba. No nosso papo, discutimos a nova coleção da marca, além de decoração e mercado imobiliário. Confira!  ​1) A nova coleção está inspirada em memória afetiva, sustentabilidade e manufatura. Qual o propósito desta nova coleção? A nova coleção foi pensada para ter um caráter atemporal sem perder referências afetivas e sensoriais. Desenvolvida pela consultoria criativa da arquiteta Patrícia Anastasiadis​,​ ela resgata materiais como granilite, madeiras claras, mármores em cortes orgânicos e precisos​,​ além de um design atemporal e leve para a coleção que conversa com peças já desenvolvidas por ela nos últimos 3 anos.   2) Sabemos que a criação foi norteada por 3 diferentes moods. Pode nos contar um pouquinho sobre eles e as principais tendências apresentadas: ​São eles:​  ​Soft Fiction: superfícies matizadas, sem brilho, com toques aveludados e suaves texturas de materiais naturais, este mood apresenta a suave sensação do tato​:​  Cotto: cores terrosas presente nos tecidos, couros, camurças que tem inspiração na terra cota queimada e rochas, apresentando visual naturalmente colorido e texturas naturais.Cut Peaces: Peças cortadas, com desenhos orgânicos que se encaixam com precisa composição respeitando o design puro de cada peça. Sofás, mesas de centro, bancos são harmonizados pela linha orgânica.​ 3) Quais as principais tendências da próxima coleção? Segredo para 2020​.   4) Mercado atual de decoração, muitas novidades e novas preocupações. Pode falar um pouco sobre isso? Nossos clientes estão em busca de expressar seu estilo de vida na decoração com espaços cada vez mais práticos, funcionais e despretensiosos. Mas, que atendam às exigências de conforto e qualidade, incluindo tecnologias embarcadas nas peças. Um móvel de bar com gavetas refrigeradas, um criado mudo com luz de sensor e carregadores de celulares são exemplos desta praticidade. As preocupações estão muito além do design. 5) Quais as suas dicas de decoração para quem está comprando ou vendendo um imóvel de alto luxo? Contar com assessoria especializada na hora de desenvolver o projeto pode evitar muitos erros. Desde um bom corretor, passando pelo arquiteto fará o consumidor escolher sempre melhor, além de aproximar a expectativa do resultado final. Quanto à decoração, ela deve ser pensada para durar, mesmo que tenha pontos marcantes. Deve ter perenidade e atemporalidade que é característico de produtos que nunca saem de moda.  E aí, o que achou do nosso papo? Não deixe de contar pra gente nos comentários! O Blog da Axis é atualizado semanalmente com novidades. Até a próxima!

Coluna Axis Indica: entrevista com o Arquiteto Mauricio Melara

Nós, da Axis, almejamos ser muito mais que apenas uma imobiliária. O que nos inspira verdadeiramente é o compromisso de entregar mais que apenas casas ou apartamentos, mas um lar no qual histórias maravilhosas serão vividas. Por falar nisso, onde começa a história de uma casa? Bem, tudo começa com uma ideia. Ou melhor, com um projeto. Para a primeira matéria da coluna Axis Indica, entrevistamos o arquiteto Mauricio Melara. Seus projetos seguem um estilo contemporâneo e possuem um aspecto geométrico muito interessante, o que torna o visual dos imóveis muito mais amplos e com um ar extremamente atual. Sua história e sua trajetória profissional são certamente inspiradoras e valem a leitura.  Interessou? Então confira nosso papo com o Melara, no qual foram abordados temas pertinentes como arquitetura, inovação, sustentabilidade e a situação do mercado atual. Confere aí!  Axis 21: Para começarmos nosso papo, como nasceu sua paixão pela arquitetura?  Mauricio Melara: Desde a infância, eu fui muito impactado pela arquitetura. No começo, morando no Centro, fiquei impressionado pelas intervenções urbanísticas do fechamento do calçadão da Rua XV, pelos prédios do Rubens Meister, do Elgson Ribeiro e todo aquele movimento no centro de Curitiba. Um pouco mais tarde, fui morar próximo ao Centro Cívico. Ali, o Edifício Castelo Branco, entre outros. Então vem daí o começo da minha história.  Axis 21: Interessante saber sobre seus primeiros contatos com a arquitetura. Mas, indo agora para o campo profissional, como começou sua história no mercado Curitibano? Mauricio Melara: Comecei trabalhando muito. Fazendo layout de agências bancárias, lojas. Já no terceiro ano de faculdade eu trabalhava com arquitetura. Então, eu vi o mercado curitibano acontecer nos últimos vinte e oito anos.  Axis 21: Você certamente possui muita bagagem e experiência. Traçando um panorama, quais são os maiores desafios que surgiram ao longo deste tempo?  Mauricio Melara: Acredito que cada projeto novo seja um desafio. Não existe um que tenha todo o seu desenvolvimento sem algum tipo de desafio ou  problema a ser resolvido com um olhar diferente do qual você está acostumado, que por si só já é um desafio. Desafio para mim é o próximo projeto.  Axis 21: Isso é muito inspirador. Falando em inspiração, seus projetos são conhecidos principalmente pelo estilo geométrico e contemporâneo. Como funciona seu processo de criação? E quais as suas maiores inspirações?  Mauricio Melara: O processo criativo é muito pessoal. Começa com o desenho à mão livre, passando, posteriormente, para meios digitais, 3D e aplicação de realidade virtual, além de imagens foto realísticas.  Inspiração vem das coisas mais variadas possíveis. Elementos da natureza, objetos, coisas do dia a dia, textos, palavras, filmes… cada um com seu grau de influência e da maneira como se encaixa no processo do projeto. Então eu diria que inspiração está ligada ao projeto em si, muito mais que uma inspiração “geral”, que comanda toda a linha de trabalho. Cada projeto é inspirado por algo diferente. Axis 21: Ao concretizar um projeto, qual sua maior realização?  Mauricio Melara: Minha realização é conseguir proporcionar  um sentimento de satisfação pessoal e bem estar, tudo isso através de uma boa arquitetura.  Axis 21: Dentro do seu escritório de arquitetura, qual é a importância da inovação e sustentabilidade? Elas andam juntas? Como essa tendência é percebida no mercado? Mauricio Melara: Hoje em dia, sustentabilidade em arquitetura é praticamente um ponto obrigatório em vários níveis diferentes: quanto mais tecnologia você conseguir colocar num projeto para tornar a edificação sustentável, mais valor tem o imóvel. Então, considero um caminho sem volta. Não há mais como pensar a arquitetura sem ter um elemento de sustentabilidade, sem ser cem por cento, mas em algum nível. Até porque a sustentabilidade tem sido uma exigência do planeta e da humanidade, não apenas uma questão comercial do valor do imóvel. É uma premissa que tende a ser cada vez mais exigida. Por uma questão ecológica e da nossa própria sobrevivência. Axis 21: Para finalizarmos nosso papo, como você enxerga este mercado atualmente? E o que espera para ele no futuro?  Mauricio Melara: Gradativamente, as pessoas têm valorizado a arquitetura, o conforto, a durabilidade, segurança, além de todos os outros aspectos positivos que uma boa arquitetura pode proporcionar. Vejo um mercado bem promissor, pois ainda temos um grande caminho pela frente em questão de acabamento, detalhamento e padrões culturais que a arquitetura pode representar.  O mercado também parece mais animado com essa mudança de rumo do país. Já senti um pequeno aquecimento. O projeto é o primeiro passo para um empreendimento, e as pessoas e empresas querem estar com tudo planejado para começar ou recomeçar. No mercado imobiliário, o primeiro que aquece é o setor do projeto, e já conseguimos sentir isso desde o começo do ano.  Seleção de casas projetadas por Mauricio Melara Nós não podíamos bater um papo tão especial com um profissional como o Melara e não separar alguns imóveis alto padrão projetados por ele. Vamos lá! Combinação perfeita de integração e amplitude. Essa casa, localizada no Campo Comprido, possui um jardim com piscina, além de acabamento de extremo bom gosto. Conheça mais clicando aqui!  Essa casa em condomínio fica no Campo Comprido e é nada menos que um espetáculo à parte. 604 metros privativos com uma arquitetura de encher os olhos, além de incrível área externa. Se interessou? Dá uma clicando aqui!  Com uma incrível área verde e arquitetura ampla, essa magnífica casa, também localizada no Campo Comprida, foi projetado por Melara. Confira aqui! E o último empreendimento da nossa seleção especial é esse maravilhoso prédio. Localizado no Centro Cívico, ele é uma novidade que deve ser lançada em breve e conta com o estilo geométrico característico do arquiteto. O que achou da entrevista e dos imóveis que separamos para você? O blog da Axis é atualizado semanalmente com diversas novidades. Até a próxima!