Reduzir ruídos no apartamento: confira as dicas!

Para que seja um verdadeiro lar, nossa casa ou apartamento deve ser sinônimo de um ambiente que traga tranquilidade, silêncio e privacidade. Para algumas pessoas que moram em apartamento, no entanto, nem sempre é tarefa fácil conseguir um isolamento acústico satisfatório.  Pensando nisso, nesse texto você entenderá a diferenciar os tipos de ruídos existentes, bem como as principais técnicas e ferramentas para garantir o conforto acústico do seu apartamento. Confira!  Quais são os tipos de ruído?  Primeiramente, é necessário verificar a origem do ruído para que seja determinada a melhor solução. De maneira geral, os ruídos podem ser categorizados como:  Ruídos de impacto, sendo aqueles diretamente relacionados aos impactos realizados no apartamento, como passos no andar superior.  Ruídos hidrossanitários, os quais são causados pelo encanamento e tubulação de esgoto do apartamento.  Ruídos aéreos, sendo estes os propagados através de aberturas como frestas e juntas do piso. Alguns exemplos desses ruídos são os constantes sons das ruas, barulho de televisão ou conversas vindo de apartamentos vizinhos.  Principais maneiras de isolar ruídos  Uma vez que sejam identificadas as causas e os tipos de ruído, conseguir realizar o isolamento acústico não deve ser uma tarefa extremamente desafiadora. Abaixo, listamos algumas das principais soluções adotadas por moradores de apartamentos que buscam um cotidiano com menos ruído.  Instalação de janelas acústicas O uso de janelas acústicas é especialmente recomendável caso seu apartamento esteja localizado em uma região próxima a ruas movimentadas e com trânsito frequente. As janelas acústicas possuem camadas duplas ou triplas de vidro para garantir que os ruídos externos irão permanecer do lado de fora.  Caso existam regras e padrões específicos a respeito de tamanho de janelas de cada apartamento, é possível encomendar as janelas sob medida em empresas especializadas em isolamento acústico residencial.  Instalação de forros acústicos  Outra solução para diminuir os ruídos de casa é a instalação de forros acústicos, que garantem um isolamento satisfatório e não demandam um alto investimento. No entanto, é necessário ficar atento à instalação, que deve ser feita a fim de não deixar furos ou frestas pelas quais os futuros ruídos possam vazar.  Portas reforçadas  Muitas portas comuns costumam ser ocas, o que é ineficiente na busca por isolamento acústico. Para melhor resultado, é possível substituir a porta por uma de madeira maciça ou aumentar a espessura com da porta uma folha de MDF.   Tapetes e carpetes  Tapetes e carpetes são bons para que o morador do apartamento consiga reduzir o impacto e, consequentemente, o ruído ouvido por vizinhos do andar de baixo. Essa é uma alternativa barata de isolamento acústico e, certamente, irá garantir seu conforto e o de outros moradores do edifício.  É importante frisar que a NBR, da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) estabelece índices mínimos de isolamento para paredes, coberturas, paredes e fachadas de construções residenciais.  Por isso, em uma eventual visita a um imóvel, perguntar à respeito do isolamento acústico do imóvel escolhido é recomendável.  O Blog da Axis 21 é atualizado semanalmente com novidades. Até a próxima! 

Sobrado ou casa térrea: qual a melhor opção?

Comprar um imóvel é um processo que exige muito planejamento. Além disso, escolher a casa dos sonhos envolve diversas escolhas. Selecionar o tipo de construção é uma dessas escolhas.  Na hora de escolher um imóvel, muitas pessoas podem se perguntar: qual a melhor opção, um imóvel térreo ou um sobrado? Pensando nesse tipo de questionamento, preparamos esse post para falar acerca das vantagens e diferenças entre esses dois imóveis. Dessa forma, você poderá optar pela opção que mais combina com a sua realidade. Vamos lá!  Quais as diferenças entre casa térrea e sobrado? A casa térrea é um espaço construído tendo apenas um andar. Já o sobrado é o imóvel construído em dois ou mais andares. Entretanto, para escolher a melhor opção para você, também é importante analisar aspectos como o tipo e o tamanho de terreno, bem como as dimensões da casa ou projeto. Abaixo, você confere com mais detalhes as características de cada tipo de imóvel!  Casa térrea  Por possuir apenas um andar, a construção da casa térrea se diferencia do sobrado pela ausência de escadas separando os cômodos entre os andares. A cassa térrea se mostra uma opção satisfatória para pessoas que, por exemplo, possuem crianças ou familiares idosos ou com dificuldades de locomoção. Além disso, a casa térrea pode possuir cômodos maiores e bem integrados, uma vez que há uma exploração mais extensiva do terreno.  Sobrado O sobrado é um tipo de imóvel ideal para quem deseja ter espaços bem divididos, principalmente entre a área de visitas e as áreas privadas da casa. No andar de baixo, por exemplo, é possível ter a sala de estar, cozinha ou área gourmet, além de espaço para TV e lazer. No segundo andar, geralmente ficarão os quartos, suítes e banheiros privativos. Além disso, como os dois andares estão suspensos no mesmo metro quadrado, a sobra de espaço no terreno pode ser utilizada para um quintal maior ou área para piscina.  Qual a melhor opção de imóvel? Como vimos acima, esse tipo de pergunta não é tão simples de ser respondida. Cada tipo de imóvel irá ter características e diferenciais específicos que irão ou não combinar com o que procura na hora de comprar.  Para concluir, a melhor opção de imóvel sempre será aquela que der conta de atender de maneira satisfatória todas as suas necessidades. É imprescindível encontrar uma casa cujo tamanho, número de cômodos e localização estejam em consonância com o seu estilo de vida.  O Blog da Axis 21 é atualizado semanalmente com novidades. Até a próxima!

Bairros de Curitiba: conheça o Bacacheri!

Cada bairro de Curitiba possui um fator que o torna especial, combinando com determinados estilos de pessoas. Por isso, nos últimos meses temos publicado diversos artigos para que você possa conhecer a capital paranaense ainda melhor.  Dessa forma, esperamos que a decisão de escolher onde morar possa se tornar mais fácil. Nos posts anteriores, você conheceu os seguintes bairros:  Santa Felicidade  Ecoville  Batel Bigorrilho  Juvevê Cabral  Campo Comprido  Água Verde No post de hoje, você irá conhecer a história, facilidades e vantagens do bairro Bacacheri. E aí, interessado em conhecer mais essa região da cidade? Então confira! Bacacheri: história, localização e fatos interessantes  Segundo alguns historiadores locais, o nome Bacacheri pode ter duas origens. A primeira delas é que “bacacheri” seria o equivalente em tupi para “rio pequeno”, referência ao rio que passa pela região.  Outra explicação para o nome é que um dos criadores do bairro possuía uma vaca chamada Cherri, e a junção das palavras “vaca” e “cherri” deram origem ao nome que conhecemos hoje.  O bairro Bacacheri é situado na região norte de Curitiba e possui mais de 25 mil habitantes. A região se desenvolveu principalmente pois, no passado, os meios de transporte da época transitavam pela estrada da Graciosa rumo ao litoral paranaense. A região fica próxima dos bairros Ahú, Bairro Alto, Cristo Rei e Cabral, e possui vias bem sinalizadas e seguras, como a Avenida Prefeito Erasto Gaertner.  O bairro, majoritariamente residencial, é conhecido por ser a união de segurança e lazer, com diversas opções de praças, museus e outros pontos turísticos, chamando a atenção dos mais variados tipos de público.  Bacacheri: facilidades e opções de lazer  O bairro Bacacheri oferece opções variadas dos mais diversos tipos de serviço. Um futuro morador certamente irá encontrar uma região rica em lojas e outros empreendimentos comerciais.  No entanto, um dos destaques do bairro são as opções de turismo e lazer. Podemos destacar o Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (CINDACTA), o Parque Bacacheri ou o Aeroporto do Bacacheri, onde são realizadas apresentações incríveis da Esquadrilha da Fumaça.  No bairro também está contido o Museu Egípcio, para quem deseja conhecer utensílios da Antiguidade, registros históricos da época e até mesmo ver uma múmia de verdade. Além disso tudo, o bairro oferece boas opções de escolas, hospitais, restaurantes, bancos e supermercados, tornando o Bacacheri um dos bairros mais completos da cidade.  Seleção de imóveis  1) O primeiro imóvel da nossa seleção é uma casa em condomínio que, além de estar localizada num bairro maravilhoso, é sinônimo de sossego e conforto. Os ambientes integrados, a área gourmet, a iluminação constante por luz solar e a suíte com hidromassagem certamente irão garantir momentos de muita alegria, privacidade e aconchego. Tem coisa melhor?  2) Um imóvel sinônimo de conforto e muito design! Com uma decoração moderna e uma arquitetura super ampla, esse apartamento é acolhedor em todos os sentidos: da cozinha aberta, passando pela churrasqueira e chegando à confortável sacada. Tudo isso com constante iluminação solar, trazendo muita luz e calor o dia todo. Incrível!  E aí, o que achou do Bacacheri? Conta pra gente nos comentários! O Blog da Axis 21 é atualizado semanalmente com novidades. Até a próxima! 

Planta de um imóvel: o que é e para que serve?

Para quem deseja adquirir uma nova propriedade, saber detalhes a respeito da planta do imóvel é imprescindível.  A planta é uma maneira de avaliar se a casa ou apartamento são um bom negócio, por exemplo. Além disso, pode-se descobrir detalhes acerca do projeto que podem ser muito valiosos na hora de tomar uma decisão de compra.  Por isso, hoje vamos falar sobre as definições, utilidades e como fazer para encontrar e solicitar a planta de um imóvel. Vamos lá!  O que é a planta de um imóvel? Basicamente, é na planta do imóvel que estão contidas as informações estruturais de uma determinada construção. É na planta que podem ser observadas especificações de medidas de cômodos, além do posicionamento e quantidade de itens como janelas, portas e paredes.  Tipos de planta  Existem diversos tipos de planta, e o uso de cada uma depende das necessidades do solicitante ou do projeto. Abaixo, listamos os principais. Confira!  Planta baixa: ilustra o espaço de uma construção em uma projeção horizontal. Isto é, uma representação dos cômodos e detalhes do imóvel como se fosse visto de cima, excluindo o teto. Esse tipo de planta permite saber mais sobre dimensões, quantidades e tamanhos de cada área do imóvel.  Planta humanizada: pensada para ser uma representação de fácil entendimento, esse tipo de planta contém as mesmas informações da planta baixa, mas adiciona a distribuição de móveis e conta com representações coloridas de detalhes como o piso. Esse tipo de planta serve para dar uma ideia mais assertiva em questões de arquitetura e decoração.  Planta elétrica: informa a respeito das tomadas, voltagens e pontos de energia contidos no projeto  Planta hidráulica: nessa planta, estão contidas representações de toda a parte de encanamentos e tubulações de água disponíveis no imóvel.  Por ser um documento que representa uma construção extremamente complexa, a planta de qualquer imóvel deve ser enviada para a prefeitura, uma vez que ela é solicitada para que o alvará seja emitido e a obra possa ser autorizada.  Utilidade A planta do imóvel é útil e importante em diversas etapas. Antes mesmo do começo da obra, a planta serve para quantificar e calcular os materiais necessários para que o projeto saia do papel.  Qualquer problema ou observação referentes do local da construção também devem constar na planta. Dessa forma, podemos afirmar que esse documento garante que o sucesso seja executado de maneira segura e bem sucedida.  Para o caso de imóveis já construídos, a planta serve para que um futuro comprador, por exemplo, saiba mais informações sobre o imóvel que está prestes a adquirir. Dessa forma, a negociação será mais acertada e transparente.  A planta também serve para apontar a necessidade de eventuais reformas, ou ainda possíveis danos na rede elétrica ou hidráulica. Onde encontrar a planta do meu imóvel?  A ação de solicitar ou recuperar a planta de um imóvel é mais simples do que parece. Uma vez que as construções precisam ser previamente cadastradas e autorizadas pela prefeitura, é possível encontrar a planta do seu imóvel na sede da prefeitura da cidade.  Com a planta em mãos, certamente será possível ter acesso a diversos detalhes a respeito do imóvel em que você mora ou deseja morar. Tudo isso garante mais segurança e transparência na hora de construir, comprar ou vender.  O Blog da Axis 21 é atualizado semanalmente com novidades. Até a próxima! 

Bairros de Curitiba: conheça o Água Verde!

Nos últimos meses, temos publicado diversos conteúdos voltados a ajudar você, que deseja adquirir um novo imóvel. Com nossos artigos, temos mostrado que cada bairro de Curitiba combina com um estilo de vida, e é essencial morar na região da cidade que mais combina com você. Anteriormente, você pôde conhecer os seguintes bairros:  Santa Felicidade  Ecoville  Batel Bigorrilho  Juvevê Cabral  Campo Comprido  No nosso post de hoje, vamos apresentar um bairro com predominância residencial, mas que ainda assim consegue oferecer diversas facilidades e vantagens para quem mora na região. Estamos falando do Água Verde.  E aí, interessado em saber mais detalhes sobre essa região da cidade? Então confira!  Água Verde: história, localização e fatos interessantes  O bairro Água Verde recebeu esse nome em referência às algas que formavam pontos de cor verde nos rios de água doce que atravessavam as primeiras fazendas estabelecidas na região.  O bairro é constituído majoritariamente por um perímetro residencial formado por casas, sobrados e edifício de diferentes portes. Isso traz, além de diversas opções de moradia, a possibilidade de investir em imóveis na região.  Apesar da predominância de residências, o bairro também agrada por oferecer uma quantidade bem satisfatória de comércio e serviços de diversos segmentos. Além desses fatores, o Água Verde também conta com uma ótima infraestrutura, urbanização e mobilidade urbana.  Algumas das principais vias e avenidas da cidade passam pelo bairro, e diversas linhas de ônibus alimentadores, interbairros e expressos conectam o bairro a diversos outros pontos da capital. Água Verde: facilidades e opções de lazer  O Água Verde possui inúmeras opções de lazer para aproveitar com a família. Alguns exemplos são os shoppings, cinemas e clubes tradicionais (como o Clube Curitibano). Há ainda opções de locais que possibilitam a realização e participação de palestras, eventos e cursos.  Um absoluto destaque do bairro Água Verde é a tradicional Praça do Japão, que homenageia os imigrantes e a cultura japonesa, que é extremamente importante para a capital paranaense. Além disso, há diversas opções de bares e restaurantes, para aqueles que apreciam experiências gastronômicas.  Em relação à saúde, o bairro possui ótimas escolas, UPAs e ainda o famoso Hospital Pequeno Príncipe. O Água Verde ainda oferece ótimas opções de creches, escolas, bancos, entre outros.  Seleção de imóveis  1) O primeiro imóvel da nossa seleção é espaçoso e possui uma integração maravilhosa entre as salas, cozinha e varanda. Com ambientes bem iluminados e uma vista de tirar o fôlego, o apartamento ainda conta com três suítes para proporcionar muito conforto.  2) Essa cobertura duplex proporciona conforto e uma vista maravilhosa do bairro Água Verde. Com espaço gourmet, piscina privativa e quatro quartos, esse imóvel é a união perfeita entre espaço e localização privilegiada.  3) O último imóvel da nossa seleção é o mais novo empreendimento da A.Yoshii, previsto para ser lançado em fevereiro de 2023. Além de um projeto perfeito, os imóveis possuem a partir de 146 m², 3 suítes, 2 apartamentos por andar e localização privilegiada, do lado do Clube Curitibano. Conheça o Talent!  E aí, o que achou do bairro Água Verde e da nossa seleção de imóveis? Conta pra gente nos comentários. O Blog da Axis 21 é atualizado semanalmente com novidades. Até a próxima! 

Bairros de Curitiba: conheça o Campo Comprido!

Nos últimos meses, publicamos diversos artigos para você, que pensa em comprar ou trocar de imóvel, possa escolher o bairro perfeito para morar. Afinal de contas, é essencial morar na região da cidade que mais combina com a gente, não é mesmo?  Anteriormente, você pôde conhecer os seguintes bairros:  Santa Felicidade Ecoville BatelBigorrilho JuvevêCabral  No nosso post de hoje, vamos apresentar um bairro com grande variedade de serviços, cultura, lazer diversidade de imóveis. Estamos falando do Campo Comprido. E aí, interessado em saber mais detalhes sobre essa região da cidade? Então confira!  Campo Comprido: história e fatos interessantes  Acredita-se que o bairro Campo Comprido tenha recebido este nome por sua extensão e também por, historicamente, ter sido utilizado como ponto de passagem para cidades dos chamados Campos Gerais.  Especialistas da História local acreditam que as terras onde hoje fica o bairro pertenciam à Baltazar Carrasco dos Reis, um dos fundadores da cidade de Curitiba.  Atualmente, o bairro é dono da via mais extensa da cidade, a Rua Eduardo Sprada. De modo geral, o bairro possui boas ruas e o acesso ao Centro é facilitado. O Terminal do Campo Comprido também propicia chegada rápida a diversos bairros da cidade, como Santa Felicidade, Fazendinha, Campina do Siqueira e Ecoville.  O Campo Comprido é essencialmente residencial, possuindo muitas opções de moradia. São casas, condomínios fechados e edifícios de luxo dos mais diversos tipos. Mas, para quem busca certas facilidades e vantagens, o bairro pode oferecer muito mais!  Campo Comprido: facilidades e opções  Podemos considerar o Campo Comprido um bairro de muitos privilégios. Dizemos isso pois as opções de lazer e facilidades são muito diversas. Para aqueles que gostam de praticar atividades físicas na rua, o bairro possui ciclovias e pistas perfeitas para caminhada e corrida. Além disso, não tem como falar do Campo Comprido e não citar o Parque Barigui, um dos principais pontos turísticos de Curitiba. Isso sem contar o famoso ParkShoppingBarigui, que fica em frente ao parque e possui incríveis opções de lojas.  Mais que isso, o bairro também possui boas alternativas no quesito restaurantes e eventos, ficando próximo de locais que propiciam boa experiência gastronômica e possibilidade de descontração com os amigos, como a Mercadoteca.  O bairro também apresenta variedade de supermercados, bancos, hospitais, escolas e faculdades, como a Universidade Positivo e a UTFPR. Todas essas vantagens tornam o Campo Comprido uma ótima escolha para morar!  Se você está interessado e deseja conhecer algumas opções de imóvel nesse bairro, confira a seleção abaixo!  Seleção de imóveis 1) A primeira casa de nossa seleção parece até um sonho. Luminosidade deliciosa durante o dia, ambientes cheios de leveza e uma integração maravilhosa!  Com 195m² de área privativa e um terraço de 54m², além de um jardim delicioso, desse jeito não tem como não querer morar no Campo Comprido!  2) Com projeto assinado pelo arquiteto Ricardo Ferretti, essa casa possui ambientes maravilhosos que enchem os olhos.  Especialmente projetada para quem busca funcionalidade e um ar moderno, esse imóvel possui uma iluminação perfeita e ambientes extremamente aconchegantes.  Entre as vantagens podemos citar a academia equipada, cozinha gourmet integrada e piscina ecológica. Tem como ser melhor? E aí, o que achou do bairro Campo Comprido e da nossa seleção de imóveis? Conta pra gente nos comentários. O Blog da Axis 21 é atualizado semanalmente com novidades. Até a próxima! 

Especulação imobiliária e valor de mercado

Quem acompanha o mercado imobiliário com frequência ou é um investidor nesse segmento certamente já ouviu falar do termo “especulação imobiliária”. Na verdade, essa é uma forma muito adotada por investidores que pretendem garantir um retorno financeiro satisfatório.  A especulação financeira diz respeito ao ato de investir em imóveis visando sua valorização futura. Dessa forma, o “especulador” obterá lucros a partir da venda ou aluguel do imóvel. Alguns exemplos dos tipos de imóvel passíveis de especulação imobiliária são, entre outros:  TerrenosCasas e apartamentos Centros comerciais Edifícios Shoppings  É importante ressaltar, no entanto, que investir em imóveis dessa maneira não necessariamente significa uma obtenção imediata de lucro, o que aconteceria no caso de uma venda ou aluguel imediato. No caso da especulação, o lucro está atrelado a uma valorização futura, à longo prazo. Especular é investir acreditando que, no futuro, aquele imóvel terá maior valor de mercado. Mas o que é isso, exatamente?  O que é valor de mercado? O conceito de valor de mercado pode causar confusão em muitas pessoas. Primeiramente, é necessário pontuar que valor de mercado é diferente de preço.  O preço é, na prática, quanto se paga por um imóvel. Esse valor pode variar conforme o momento econômico ou ser influenciado (para mais ou para menos) por tendências do mercado.  Já o valor de mercado diz respeito à quanto realmente vale determinado imóvel. O valor está atrelado a características como considerações técnicas, dados demográficos, localização e infraestrutura.  Por isso, a depender do cenário do mercado daquele momento, nem sempre o preço final pago pelo imóvel será o mesmo do valor de mercado. Fatores que influenciam na valorização de um imóvel Para que aconteça uma alta no valor de um imóvel, o investidor deve considerar alguns dos fatores a seguir. Confira alguns deles abaixo!  Infraestrutura do local e do imóvel  Para valorizar um imóvel, é importante que aspectos da infraestrutura da região também passem por melhorias. Na prática, isso se traduz em um local que ofereça variadas atividades comerciais, opções de lazer, facilidade e acessibilidade de transporte, entre outros.  Fatores demográficos  Além da infraestrutura, outro fator relacionado à valorização imobiliária está relacionado a características demográficas regionais. O aumento de habitantes e densidade populacional mais elevada significa que um local está crescendo ou sendo revitalizado e/ou reformado.  Oferta x demanda  Os dois fatores elencados acima mexem muito com as relações de oferta e demanda. E as relações de oferta e demanda afetam diretamente a valorização de imóveis em determinada região. Isso significa dizer que quanto maior a busca por certa localidade, mais valerão os bens imóveis daquele local.  Uma vez que a demanda é muito alta, acontece a escassez de ofertas. É neste momento que um investidor consegue obter seus lucros, uma vez que terá agora o poder de aumentar o preço do imóvel para compra ou venda, tornando o negócio mais vantajoso.  Neste artigo, você pôde aprender mais sobre como se dá a especulação imobiliária. Viu também como este tipo de investimento pode se mostrar vantajoso para aqueles que pensam em longo prazo. Além disso, foi possível compreender melhor alguns dos fatores levados em consideração para determinar a valorização de um imóvel.  O que achou do conteúdo desta semana? Conta pra gente nos comentários! O Blog da Axis 21 é atualizado semanalmente com novidades. Até a próxima! 

Bairros de Curitiba: conheça o Cabral!

Durante os últimos meses, temos publicado uma série de artigos para aqueles que consideram comprar ou trocar de imóvel possam escolher o bairro perfeito para morar. Afinal, não tem coisa melhor que morar num cantinho da cidade que combine com a gente, não é mesmo?  Nos posts anteriores, você pode conhecer os seguintes bairros:  Santa Felicidade Ecoville BatelBigorrilho Juvevê Hoje, você irá conhecer um bairro que é conhecido pela tranquilidade, ainda que possua um fluxo comercial e de pessoas bem ativo. Estamos falando do Cabral! E aí, está interessado em conhecer mais detalhes sobre essa região da cidade? Então confira! Cabral: história, localização e fatos interessantes A história do bairro Cabral pode ser contada a partir do motivo do seu nome. Por volta da metade do século XIX, a família Cabral doou o terreno onde hoje está construída a Igreja Bom Jesus - provavelmente a mais conhecida construção religiosa e ponto turístico do bairro.  Nos dias atuais, o bairro é tranquilo e majoritariamente residencial. Entretanto, a proximidade com famosas avenidas da cidade permite com que haja grande atividade comercial na localidade. A região é conhecida por possuir centenas lojas e pontos comerciais que se importam muito com a qualidade de seus produtos e serviços.  Por isso, o bairro é famoso por unir “o melhor dos dois mundos”: avenidas e ruas principais muito ativas e agitadas, e ruas menores bem arborizadas e silenciosas. Inclusive, o bairro possui grande densidade de área verde para seus 12 mil habitantes (algo em torno de 11m² por habitante, superando bairros como Batel e Santa Felicidade).  Esses detalhes e muitos outros fazem do Cabral um dos melhores bairros para morar em Curitiba!  Cabral: facilidades e opções de lazer Uma das principais facilidades percebidas por quem mora no Cabral é a facilidade de acesso a locais como Centro ou Centro Cívico. Por isso, para aqueles que trabalham ou realizam alguma atividade cotidiana nessas regiões, o bairro é a escolha perfeita. Além disso, o bairro é bem completo, possuindo diversas opções de parques e praças, academias, supermercados, escolas e hospitais. O visual da região também é um diferencial. Diversos prédios e construções contam com uma arquitetura neoclássica, o que dá um ar europeu sofisticado e clean.  Seleção de imóveis 1) O primeiro imóvel dessa seleção é essa cobertura toda especial e cheia de charme! Localizado numa localização privilegiada do bairro Cabral, esse imóvel é espaçoso, confortável e sofisticado. A parte superior chama atenção por contar com um incrível espaço gourmet e uma piscina perfeita para fazer a alegria da família e amigos. Incrível!  2) Esse apartamento aqui está além de qualquer elogio. Com uma decoração clean e espaço de sobra, esse imóvel também possui uma integração incrível e uma varanda com churrasqueira. Tudo isso numa localização especial no bairro Cabral. Tem como não se apaixonar?  3) Para encerrar essa seleção, separamos um apartamento que é sinônimo de requinte e bom gosto. Os ambientes, extremamente espaçosos, trazem uma sensação confortável e aconchegante. Perfeito para receber os amigos em ocasiões especiais, além de ficar localizado numa região privilegiada: entre a Justiça Federal e o Graciosa Country Club. Tudo de bom!  O que achou de saber um pouco mais sobre esse bairro incrível? Tem alguma curiosidade ou algum outro bairro que você deseje conhecer? Conta pra gente nos comentários!  O Blog da Axis 21 é atualizado semanalmente com novidades. Até a próxima! 

Como organizar um piquenique em casa

Um piquenique em família costuma ser uma ocasião muito especial. E engana-se quem pensa que esse esse tipo de evento pode acontecer somente em parques, praças ou espaços públicos. Por isso, hoje preparamos dicas para provar que, sim, é possível organizar um piquenique incrível sem sair de casa. Basta um pouco de criatividade, preparação e, é claro, muita comida gostosa. Confira! Escolhendo o momento Um bom piquenique precisa acontecer em um momento agradável. Por isso, escolha um dia e horário apropriado. Uma boa sugestão é fazer o piquenique em um fim de semana, para poder aproveitar cada momento com calma. Escolha também um dia ensolarado, mas não muito quente. Um bom horário para seu piquenique em família é no final da tarde, preferencialmente após as 16h. Esse costuma ser um período em que o sol já não está mais tão intenso. Onde fazer o piquenique Pensar no dia e horário é importante, mas outro detalhe que também merece reflexão é o local da casa em que o piquenique irá acontecer. O local pode variar de acordo com o estilo de vida e as preferências de cada família. Um piquenique na sacada ou cobertura, por exemplo, é perfeito para aqueles que querem aproveitar o ar fresco, o sol e uma bela vista. Há também a possibilidade de fazer um ótimo piquenique no jardim, aproveitando as plantas, flores e o contato com a natureza. É possível fazer um piquenique divertido até mesmo em um dos quartos, para aqueles que querem ficar confortáveis dentro de casa. Qual dessas opções você escolhe? Decoração Um piquenique tem aquele clima despojado todo especial que a gente ama. Por isso, um detalhe importante de um piquenique incrível é a decoração! Para criar uma ambientação agradável, utilize objetos que tragam sensação de conforto e aconchego, como almofadas. Ah, e não se esqueça do principal item para decorar um piquenique oficial: uma bela toalha colorida! O cardápio Obviamente, não poderíamos deixar de falar sobre o principal motivo para um piquenique acontecer: a comida! Um piquenique é uma espécie de lanche, com opções de petiscos doces e salgados. Em geral, as opções do cardápio são as "secas" (como mini-sanduíches, bolinhos e biscoitos), de fácil preparação. As bebidas costumam variar entre opções de sucos e chás. Dê um toque final especial utilizando copos e guardanapos decorados. Dica: vale a pena contar com a ajuda da criançada para preparar tudo. Vai ser delicioso. Bom piquenique! O Blog da Axis 21 é atualizado semanalmente com novidades. Até a próxima!

6 brincadeiras e atividades para aproveitar em casa com as crianças

Em um período como o que temos vivido, em que sair de casa não é recomendado, encontrar opções criativas do que fazer em casa é complicado. Isso é especialmente verdade em casas com crianças, que precisam de atividades constantes para distração e estímulo de criatividade.  Nessa situação, é essencial usar a abusar da imaginação, e encarar o período como uma oportunidade de se aproximar e conhecer os filhos ainda melhor.  Pensando nisso, nós preparamos uma lista especial com 6 brincadeiras e atividades para tornar o período em casa mais descontraído, divertido e especial para toda a família.  Sua casa é seu templo, e nela há o potencial para construir algumas das suas melhores histórias. Confira! Acampadentro  O acampadentro nada mais é do que acampar dentro de casa. A ideia diverte a família toda, pois é uma quebra na rotina de dormir sempre no quarto. Para tornar a ocasião ainda mais especial, utilize cobertores, lençóis e colchões para construir cabanas na sala ou em algum cômodo de sua preferência.  Além disso, aproveitem a noite contando histórias, dançando ao som das músicas favoritas de todos ou assistindo algo divertido na TV. Ah, mais uma coisa: não se esqueçam das guloseimas para deixar todo mundo feliz e alimentado. Demais! Hora do cinema   Que tal convocar toda a família para uma sessão de cinema mais que especial? E o melhor: fazer isso acontecer é bem mais simples do que parece. Vocês só precisam escolher juntos algum filme divertido na TV, apagar todas as luzes, escolher um assento confortável e desligar aparelhos celulares para evitar qualquer distração.  Também vale a pena apostar numa experiência mais imersiva utilizando um home theater, caso disponível. E não esqueça de um detalhe importante: cinema sem pipoca com manteiga e guloseimas não vale, hein? Boa sessão!  Teatro de fantoches ou brinquedos  Que tal trazer a magia do teatro infantil para dentro de casa? Com um pouco de criatividade, isso certamente será possível! Convoque toda a criançada para criar um teatro utilizando fantoches ou os próprios brinquedos como personagens.  Você pode encontrar diversas ideias de fantoches artesanais clicando aqui. Na hora do espetáculo, vale a pena utilizar instrumentos musicais e/ou objetos domésticos para criar efeitos sonoros divertidos. Essa é também a hora de deixar toda a vergonha de lado: invente vozes, sotaques, bordões engraçados e o que mais julgar necessário para tornar a peça em família inesquecível!  Jogos Uma competição saudável em família pode render momentos divertidos e boas risadas. Que tal propor um campeonato de alguns jogos escolhidos por todos? Opções não faltam: há jogos de adivinhação, charada, caça ao tesouro, conhecimentos gerais e muitos outros. Os jogos podem ser os tradicionais, de tabuleiro, ou ainda videogames. Certamente, todos vão adorar a ideia!  Cozinhando em família  Hora de fazer a família botar a mão na massa - literalmente. Há diversas receitas em que é possível todo mundo ajudar um pouco. Se você fizer uma receita de bolo, por exemplo, as crianças podem ajudar quebrando os ovos, adicionando a farinha ou untando a forma. Essa é uma ótima ideia, já que muitas vezes as crianças sentem falta dessa inclusão na cozinha. Além disso, essa também é uma tática educativa para ensinar a criançada a refletir mais sobre os alimentos ingeridos em cada refeição. Há diversas ideias de receitas online, opções não faltam. Bom apetite!  Banho nos brinquedos Curtir um dia de sol sem sair de casa é possível, sim! Dá para aproveitar a oportunidade para dar um banho em todos os brinquedos não-eletrônicos. Estamos falando de bonecos, casinhas, mascotes de pelúcia.  Essa é uma boa opção por ser uma atividade refrescante e que pode durar a tarde toda, além de transformar uma tarefa necessária (ou seja, a higienização constante dos brinquedos) em uma atividade descontraída e divertida.  Para fazer tudo isso de maneira segura, opte por utilizar apenas água, sabão neutro e/ou sabão de coco, para evitar qualquer tipo de reação adversa. Com certeza a criançada vai adorar!  Esperamos que essas dicas tenham te inspirado a encontrar ainda mais passatempos e atividades que engajem e divirtam a família. O Blog da Axis 21 é atualizado semanalmente com novidades. Até a próxima!