A vida passa por um corretor

A Axis 21 tem como propósito ajudar você a encontrar o imóvel para construir a sua história. Desde o começo, nosso objetivo foi trazer ao consumidor uma nova forma de encontrar seu imóvel, sendo pioneira na apresentação deste novo conceito em Curitiba.  É justamente sabendo da importância, que este momento de comprar ou vender um imóvel tem, na vida de uma pessoa, que nossa equipe de consultores oferece uma consultoria personalizada a cada um de nossos clientes, sempre pensando no desejo particular de cada um.Inspirada nisso, a Danielle Jordan, uma das nossas super corretoras, traz uma reflexão a respeito da vida e da importância de um corretor de imóveis na história de quem procura um novo lar. Vale a pena conferir! Boa leitura! A vida passa... ...Por um corretor. Danielle Jordan. A vida passa e quando a gente se dá conta a idade já chegou, os dias já se foram, e o que fizemos deles? As escolhas que fizemos foram as melhores? Os caminhos que escolhemos nos levaram onde queríamos chegar? As pessoas a quem nos associamos nos corresponderam? Na história que escrevemos diariamente não há replay, não há CTRL+Z, não temos a chance de refazer. Não há como deletar, nem mesmo seguir a sugestão do corretor ortográfico. Nossas decisões é que vão ditar os nossos rumos. O que fazemos, quem somos, onde moramos, com quem compartilhamos nossas vidas, são escolhas definitivas. E nas páginas dessas histórias que escrevemos surgem e se vão personagens, uns mais marcantes, outros nem tanto, mas todos com a sua importância. Tudo começa com um: “Bom dia”! Se a balconista lhe recebe com um sorriso a conversa segue um rumo; se o atendente está mais sério, o papo é direto; se o colega ao lado enfrenta algum problema e o humor está mais ácido, o bicho pega e o seu humor se afeta também. São nesses pequenos detalhes que construímos nosso dia-a-dia. Influenciando e sendo influenciados. Levados por essa onda de emoções, que nem sempre nos damos conta. São tantas pessoas que interagimos que nem sempre paramos para pensar o que as levaram a agir daquela forma.  De onde vem aquela alegria? E de onde saiu aquela cara fechada? Na pressa, nem sempre nos lembramos do básico… do bom dia! Na correria, não percebemos a importância de cada um desses anônimos que passam pelas nossas vidas e deixam nela a sua marca. Onde você mora? Está feliz com a vizinhança? Sua rua te deixa tranquilo? Sua casa lhe oferece o conforto que espera? A vida passa… por um corretor. Entre as inúmeras opções visitadas, negociadas, sonhadas, foi essa a que você escolheu. Se foi a melhor, se foi definitiva, somente o tempo dirá… mas a vida passa. As necessidades mudam! Nossos desejos que antes eram outros, hoje são totalmente diferentes! “Se eu tivesse um quintal para fazer minha horta! O dia que eu puder, vou para um lugar maior! Se tudo der certo quero uma sacada bem grande com churrasqueira!” O que te segura? O que te impede? Talvez você nem lembre mais dele, mas se puxar pela memória vai lembrar que ele conseguiu identificar exatamente o que te agradava, o que te trazia conforto. Talvez você nem lembre dele, mas ele provavelmente nunca vai te esquecer.  Vai lembrar com detalhes de cada visita, de cada palavra, de cada conversa com o proprietário para tornar a negociação possível. A vida passou… por um corretor. Quem sabe um pouco insistente, às vezes até um tanto chato. Mas sempre prestativo! Certamente alguém sensível, que conseguiu identificar entre as suas necessidades aquela mais urgente, mais importante. Confesso que nem sempre a vida de corretor é fácil. A gente se apega. O negócio acaba, mas o cuidado fica. É tão bom tempos depois reencontrar os clientes e ver que está tudo bem. A família aumentou, o emprego mudou, as crianças cresceram. São relações rápidas, passageiras, mas que nos enchem de orgulho fazer parte! Se você ainda tem o contato dele, mande uma mensagem! Que tal um bom dia? Mande notícias!”