Pensando no futuro: condomínios para idosos se tornam tendência no mercado imobiliário

O acesso à saúde e recursos tecnológicos em grandes centros urbanos propiciou um significativo aumento na expectativa de vida e longevidade para milhares de brasileiros. Segundo uma projeção do IBGE, em até quarenta anos os idosos (pessoas com mais de 65 anos) serão mais de 25% da população total do Brasil. Consequentemente, aumenta também uma preocupação muito válida: como comportar pessoas de faixa etária mais avançada, dando a elas a tão merecida qualidade de vida? Como ter certeza de que essa fase será aproveitada com o máximo de segurança e conforto? Por isso, muitas construtoras têm encarado este fato como uma oportunidade de negócio, pensando num novo tipo de moradia: condomínios alto padrão para idosos. Mas, quais seriam as principais vantagens de morar nesse tipo de imóvel? Nós, do blog da Axis 21, separamos algumas para você. Confira! Prezando pela privacidade Nem sempre indivíduos na terceira idade estão dispostos a se mudar de suas casas. Muitos não querem, por exemplo, abrir mão da individualidade e ir morar com filhos ou em casas de repouso. Para essa parcela da população, morar em casas em condomínios fechados pode parecer bem mais atrativo. Se estes forem preparados para recebê-los adequadamente, melhor ainda!Alguns condomínios alto padrão já oferecem essa possibilidade, com casas e apartamentos já decorados e adaptados para agradar esse público em específico. São moradias com portas e corredores mais largos, pisos antiderrapantes e móveis que atendam a diversos padrões de segurança. Localização privilegiada Outro destaque nessa modalidade de imóvel alto padrão diz respeito à localização. De modo geral, os condomínios ficam localizados em bairros em que bancos, farmácias, bons restaurantes e acesso à saúde sejam próximos e facilitados. Um exemplo é o São Lourenço Senior Living, inaugurado em janeiro desse ano no bairro São Lourenço, em Curitiba. O residencial foi criado especialmente para receber e dar assistência e qualidade de vida para pessoas acima de 60 anos. Convivência com pessoas da mesma faixa etária  Além de imóveis – sejam eles apartamentos ou empreendimentos térreos – mais preparados em seu interior, os condomínios para idosos destacam-se também pela variedade de atividades de entretenimento e lazer. São espaços para a prática de esporte, praças para caminhada, salas de TV, música, artesanato e até mesmo cinema. Tudo isso visando proporcionar a melhor experiência possível e aumentar a socialização entre os moradores, em especial os de mesma idade. Incrível! E aí, o que você achou? Não deixe de ficar por dentro de todas as novidades do Blog da Axis 21, atualizado semanalmente. Até a próxima!